Semeando vida em terra seca

E semeou Isaque naquela mesma terra, e colheu naquele mesmo ano cem medidas, porque o Senhor o abençoava. Gênesis 26:12

O trabalho de semear vida em terra seca é desafiador. Em si, o tema parece ser paradoxo: “vida x terra seca”, porém, não é por ser desafiador ou paradoxal que não vai ser feito, é dever de o semeador fazê-lo. Cabe ao semeador fazer um trabalho eficiente e eficaz para alcançar os objetivos predeterminados, é o que estudaremos a seguir.

SEMEAR – Significa lançar sementes sobre a terra. No campo da evangelização significa fazer acontecer. Sal 126.6 – “Quem sai andando e chorando, enquanto semeia”. Vejamos que para semear é necessário fazer acontecer saindo, andando, chorando e semeando, combinado com Lc 8.5-8.
Para obtermos qualquer resultado, seja no mundo material ou no mundo espiritual, é necessário agir. A ação de semear vida em terra seca é uma ação de fé, é crer no improvável.

No caso de Isaque, ele teve que semear enfrentando todas as dificuldades existentes: o sol escaldante, a terra seca, porém, ele fez a sua parte.
>Semear ou evangelizar é uma obrigação imposta pela consciência do semeador, At 4:20 –  pois nós não podemos deixar de falar das coisas que vimos e ouvimos.
>Semear é um trabalho de reconhecimento da bondade de Deus para com o semeador. “Ainda que o semeador vivesse cem vidas não pagaria nunca o que Cristo fez por ele”.

TERRA SECA

– Israel é um país de pequenas dimensões territoriais, possui somente 22.145 km2 (um pouco mais que a metade do estado do Rio de Janeiro, um dos menores estados do Brasil);
– A sua topografia é acidentada, o que dificulta a agricultura;
– Seus recursos hídricos são reduzidos, resumindo-se quase que exclusivamente ao Rio Jordão, o que dificulta a agricultura;
– Seu clima é árido, muito quente durante o dia e muito frio durante a noite, o que dificulta a agricultura;
– 85% do seu território é desértico;
– A chuva ocorre somente de novembro a abril, sendo muito volumosa no norte e pouco relevante no sul do país.
Lendo o texto podemos observar que Isaque semeou em uma terra seca. Não obstante às condições adversas, a palavra nos diz que ele colheu, naquele mesmo ano, cem medidas.
O resultado foi impressionante, porque o SENHOR o abençoava.
Terra seca produz melhor através de irrigação. Nos salmos 126.5 temos o instrumento de irrigação da “TERRA SECA”, campo espiritual, lágrimas (derramar lágrimas pelo valor de uma alma). Esse é um indelével trabalho do ganhador de almas, ou seja, do semeador no cumprimento da grande comissão: “Ide por todo o mundo e pregai o evangelho a toda criatura”, Mc 16:15.

A SEMENTE – VIDA.

A primeira reforma colocou a Palavra de Deus nas mãos do povo e agora precisamos Na parábola do semeador, Lc 8.11 e 12, Jesus a interpreta, dizendo que a semente é a Palavra de Deus semeada nos corações. A própria palavra mostra que ela é vida, vejamos:

a)    A palavra gera, Tg 1.18 – ele nos gerou pela palavra da verdade; gerar – significa dar existência a; procriar; conceber
b)    A palavra salva, Tg 1.21 – a palavra em vós implantada, …  é poderosa para salvar a vossa alma; salvar é tirar de um perigo; é livrar da morte;
c)    A palavra regenera, 1 Pe 1.23 – pois fostes regenerados não de semente corruptível, mas de incorruptível, mediante a palavra de Deus, a qual vive e é permanente; regenerar é dar nova existência a;
d)    A palavra produz fé, Rm 10:17 – De sorte que a fé é pelo ouvir, e o ouvir pela palavra de Deus; produzir – significa criar, gerar, dar, proporcionar, ocasionar.
e)    A palavra santifica e liberta, Jo 17:17 – Santifica-os na verdade; a tua palavra é a verdade e 8.32 e conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará; santificar – significa tornar santo; conduzir pelo caminho da salvação; edificar; libertar é tornar livre; desembaraçar; tornar quite.

O nosso dever é semear a “boa semente”. É lançar no solo dos corações a esperança e a vida que emanam das Escrituras Sagradas. Embora sabendo que o homem rico sofra de “síndrome de posse”, conforme afirma a palavra de Deus na parábola contada por Jesus em Lc 12.13-34. A parábola nos mostra que aquele homem não foi acusado de qualquer crime, nem de explorar o próximo, nem de não pagar bem os trabalhadores, e nem de ter ganhado qualquer coisa ilegalmente, porém, Jesus viu por trás da mascara de justiça o olho cobiçoso. Que farei? V. 17. Ele não se preocupa em agradecer a Deus, não ver a benção de Deus em sua vida, portanto, não falou em Deus uma vez sequer, mas falou cinco vezes no que era seu: “Meus frutos”. “Meus celeiros”. “As minhas novidades”. “Os meus bens”. “A minha alma”. Ele não sentia falta de uma coisa como disse Jesus em Lc 18.22. Depois da palavra semeada (segundo caso), aquele moço ficou muito triste, Lc 18.23; aconteceu imediatamente o que disse Jesus na parábola do semeador, Lc 8.14 comb. 18.24. Jesus procurou livrá-lo do amor às riquezas e se apegar aos valores eternos, Lc 16.13 – “Não podeis servir a Deus e às riquezas”. Jesus fez o seu trabalho de semeador.

Semear vida em terra seca é o amor em prática; é a palavra amiga dita a seu tempo; semear fora de tempo não produz vida, Lc 16.19-31. A palavra é vida quando ela é esclarecedora, ela desvenda os mistérios da salvação; foi a palavra de Jesus para Nicodemos, Jo 3.1-10, o resultado foi Nicodemos cuidar do corpo do Senhor juntamente com José de Arimatéia, Jo 19.38,39.
Em Is 55.10-11, encontramos a palavra que sai da boca de Deus como sendo pão para o que come e semente para o semeador (v.10). A palavra é vida que, como semente, deve ser semeada nos corações de todos: seja rico ou pobre, empreendedor ou trabalhador formal ou informal, intelectual ou indouto, o importante é semear a boa semente, a “palavra do Senhor”, certo de que ela não voltará vazia, mas cumprirá o seu propósito, glória Deus!

“A missão do semeador é semear a semente, não importa consequências pessoais ou adequação dela com o solo” – Pr Euvaldo Sá.
“A primeira reforma colocou a semente (Palavra de Deus) nas mãos do povo e agora precisamos de uma reforma que venha colocar o serviço, a semente plantada no coração de todos os homens e mulheres” –Pr Euvaldo Sá.

“Que o Espírito Santo nos ajude a sermos SEMEADORES DE VIDA EM TERRA SECA”.

Pr Euvaldo Sá.
Presidente da AD em Timon

Rolar para cima