Artigos “ELEMENTOS QUE COOPERAM PARA O AVANÇO MISSIONÁRIO”

Por Edson Bispo em Terça, 1 de outubro de 2013 às 23:49

“ELEMENTOS QUE COOPERAM PARA O AVANÇO MISSIONÁRIO”

Atos 12. 1-25

Introdução

 

“Entretanto, a palavra de Deus continuava a crescer e a espalhar-se” v. 24

Como é lindomissão perceber que nada, nem ninguém, podem impedir o avanço do Reino de Deus. A despeito de tudo: sofrimento, poucos recursos financeiros, conflitos, desafios culturais, a Igreja no Poder do Espírito Santo é imbatível. Por isso satanás tem tanto medo de uma Igreja revestida de Poder, de uma Igreja de fogo e tenta congela-la de todas as formas, tenta imobiliza-la de todas as maneiras possíveis. Mas a Palavra de vitória já foi liberada pelo Senhor Jesus que disse: “As portas do inferno não prevalecerão contra a minha Igreja”.

Neste texto lido temos muito claro a oposição que o reino das trevas tenta impor para impedir o avanço do Reino de Deus, mas nós vamos descobrir que pode se levantar o inferno inteiro que não conseguirá deter o avanço do Reino de Deus.

Vamos observar os elementos que cooperam para o avanço do Reino.

 

Tema: “Elementos que Cooperam Para o Avanço Missionário”

 

  1. I) A PERSEGUIÇÃO SISTEMÁTICA – vs. 1-4
  2. a) As perseguições não são um fato novo na história da Igreja, elas sempre ocorreram, mas em todos os tempos e em todos os lugares há dois fatores básicos para as perseguições: o fator político e o fator religioso. Quem começou a perseguir a Igreja do Senhor em Jerusalém? O poder político representado por Herodes, para que? Fazer média com os seus súditos. Qual o segmento que ele queria agradar? O segmento religioso,que ficou muito satisfeito com a sua atitude de repressão.
  3. b) Satanás não atua sozinho, ele conta com o orgulho, com o desejo de poder, e com a ignorância religiosa dos seres humanos. Herodes se tornou um belo instrumento de satanás e conseguiu belos aliados, os religiosos judeus.
  4. c) O poder político tenta intimidar indo aos extremos, o mártir foi Tiago irmão de João. Prossegue com a prisão de outro líder, Pedro. Veja que o inimigo trabalha para ferir a liderança e desta forma dispersar a Igreja.Mas o salvo se intimida? Não. Veja o que Pedro fazia na prisão: dormia, acorrentado entre dois soldados ainda conseguia dormir.v.7
  5. d) Hoje não é diferente, as perseguições se dão por regimes totalitários ou por fanatismo religioso. Mas a perseguição barra o avanço da Igreja? Não. Contribui para o seu avanço.Vide a Igreja na China.

 

  1. II) A ORAÇÃO DA IGREJA – Vs. 5 e 12
  2. a) Enquanto a perseguição acontecia o que a Igreja fazia? Orava, como? Incessantemente. A oração não depende das circunstâncias, e no caso da Igreja, as dificuldades devem provocar um efeito estimulante e uma intensidade muito maior.
  3. b) A oração motiva a unidade da Igreja. Enquanto os líderes estavam sendo presos, muitos irmãos se congregavam na casa de Maria mãe de João Marcos. Interessante: João Marcos se desenvolveu num ambiente de oração.
  4. c) A oração continua sendo a arma mais poderosa em todos os tempos, e em tempos de perseguição é a mais eficaz. O que mais podemos fazer por nossos irmãos perseguidos? Orar. Enquanto a Igreja estiver de joelhos ela estará triunfando, avançando e conquistando.

 

III) A INTERVENÇÃO PODEROSA DE DEUS – Vs. 7-10

  1. a) O Poder de Deus garante o avanço da Igreja. Qual era a situação de Pedro? Guardado por 16 soldados, Preso em cadeias entre dois soldados, no dia seguinte seria executado. O que Deus faz? Mobiliza um de seus anjos para libertar a Pedro miraculosamente. As cadeias caem, os guardas dormem profundamente, as portas se abrem automaticamente, e Pedro se vê fora da prisão. O que houve? Um milagre.
  2. b) Quando Deus age ninguém pode impedir o seu agir. A manifestação do Poder de Deus garante o avanço da Igreja. Enquanto a Igreja ora Deus vai agindo atendendo as orações de seu povo.
  3. c) Importante:Deus tem poder para livrar seus filhos de forma miraculosa e criativa? Sim. Mas nem sempre é o que Ele faz. Por que ele livrou a Pedro e não livrou a Tiago? O Poder dele não funcionou? É claro que não, seu poder é imutável. Mas a Tiago o poder de deus se manifestou dando-lhe condições de morrer pelo evangelho, a Pedro, libertando-o da prisãopara que cumprisse por mais um pouco de tempo o seu ministério.

 

 

 

  1. IV) O ENTUSIAMO DOS CRENTES – Vs. 11-17
  2. a) Quando acordou, Pedro a principio pensou ser uma visão, Pedro fica extasiado pelo modo como o Senhor o livrou, esse livramento o enche de entusiasmo para pregar o Evangelho, sabe por quê? Por que Pedro tem uma consciência ainda maior da presença do Senhor com ele, Pedro passa a entender que enquanto não cumprir sua missão terá sua vida preservada.
  3. b) A Igreja em casa de Maria fica sobremodo alegre e feliz, sabe por quê? Porque passa a ter uma convicção muito maior de que Deus responde a oração. A menina Rode fica tão emocionada que ao invés de abrir a porta para Pedro entrar vai correndo avisar aos irmãos, que não acreditam ser Pedro.  Eu sempre acho graça diante deste texto porque ele revela que mesmo quando oramos não acreditando muito na resposta, Deus responde.Nem a Igreja na casa de Maria estava acreditando que a resposta as suas orações estavam batendo a sua porta.
  4. c) Diante da manifestação do Poder de Deus, diante da certeza de que as orações são atendidas, a Igreja prossegue entusiasmada a sua missão.

 

  1. V) A JUSTIÇA DE DEUS – V. 19-24
  2. a) A punição divina atinge os representantes da injustiça, e os primeiros que sofrem são os guardas a quem Herodes enfurecido pelo desaparecimento de Pedro, manda executar.
  3. b) A punição divina atinge Herodes que é comido de vermes. A justiça de Deus é certa.
  4. c) Às vezes ficamos aborrecidos porque vemos os maus realizando os seus intentos, mas uma coisa é certa: a Justiça de Deus.
  5. d) A justiça de Deus trabalha também para o avanço do seu Reino. Ninguém que tente impedir os planos de Deus ficará isento de castigo.

 

Enquanto Deus executa juízo sobre Herodes a Igreja avança – v.24

 

Conclusão

 

O Poder infinito de Deus sempre prevalecerá contra o poder finito dos homens. O poder finito dos homens não deve impedir a prática da oração. O poder da oração é a arma colocada à disposição da Igreja para acionar a ação divina. O poder infinito de Deus sempre conduzirá a Igreja a vitórias espirituais.

As perseguições cooperam para o avanço da Igreja. A oração é prática poderosa no avanço da Igreja. A intervenção Poderosa de Deus garante o avanço da Igreja. O entusiasmo dos crentes contribui para o estabelecimento da Igreja. A justiça de Deus opera para o avanço da Igreja.

 

 

 

Veja tambem

Cristão sob ameaça

Missão no interior do maranhão

Inaugurado na Aldeia Indígena de Areão o Hekohaw’ai Tatayni Pe

Informe Missionário

“Estando livre ou preso, vale muito a pena servir a esse Deus maravilhoso”

ELEMENTOS QUE COOPERAM PARA O AVANÇO MISSIONÁRIO

Testemunho impactante