A oração dominical

Amados, para sermos semelhantes a Jesus, devemos viver como Ele viveu. Um aspecto importante da vida de Jesus era a oração. Os discípulos fizeram-lhe um pedido: “Senhor ensina-nos a orar” (Mt. 6.9-13; Lc. 11:2-4). Ele os ensinou a Oração Dominical. A primeira parte desta oração trata dos interesses do reino de Deus, santificado seja oTeu nome, venha o Teu reino e seja feita a Tua vontade.
A segunda parte trata das necessidades humanas, o pãode cada dia, o perdão dos nossos pecados e a proteção contra a tentação e contra o mal. Quando Jesus diz: “Portanto, vós orareis assim:”, imediatamente dá o conteúdo da oração. Jesus não dá importância à forma da oração, quanto a melhor posição, a melhor hora ou o melhor lugar. O que Deus quer, é que oremos sem cessar. No v.9a “Pai nosso, que estás nos céus,…”, aqui, JESUS NOS ENSINA TRÊS COISAS SOBRE A ORAÇÃO:
O Conceito Sobre Oração – “Pai…”. É um dialogo com o Pai. Quando pensamos em Pai, pensamos pelo menos em três coisas: (01) Pai é alguém que nos gerou. Existe a Paternidade por Ato Criativo, nesse sentido todos somos filhos de Deus, e, a Paternidade por Adoção, Filhos legítimos por ato adotivo em Cristo Jesus (Jo. 1:12). (02) Pai é alguém que nos ama (Jo. 3:16). Deus tem o maior prazer em nos atender. A oração não é uma briga com um Deus distante e frio, mas uma conversa com o Pai celeste (Mt. 7:11). (03) Pai é alguém que dá de si mesmo, do que tem de melhor e mais precioso (Rm. 5:8; 8:32).
A Abrangência da Oração – “Pai nosso…”. A verdadeira oração sempre inclui o próximo. Não é o meu Pai, é o nosso Pai. As expressões o pão nossonossas dívidas e nossos devedores, apontam esta verdade. Sempre o próximo é incluído no relacionamento do homem com Deus. Lembre-se, vivemos em uma luta espiritual constante, e só pode ser vencida em oração e pela oração. (Rm. 8:26 e 34). Quando você sentir vontade de orar por alguém ou alguma coisa. Ore.
A Garantia da Oração Respondida – “Pai nosso, que estás nos céus…”. Inclui o poder de Deus. Onde o nosso Pai está? Está no céu. Quando oramos, falamos com alguém que está em cima, que vê e sabe de tudo. Quando Jesus usa a palavra Pai do céu, quer sempre nos lembrar da nossa habitação eterna (Fp. 3:20). Oração é antes uma prática que nos faz lembrar de quem somos e de onde somos. Somos Filhos de Deus e cidadãos da Pátria Celestial.
Rev. Edson Dantas
Fonte: Quarta IPB de Granhuns
Rolar para cima